Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

*As datas de referência usadas são do lançamento de cada console nos Estados Unidos

Primeiro Videogame: O Odyssey O primeiro videogame do mundo a ser comercializado. Esta versão do Odyssey, bem como sua sucessora, perdeu a concorrência futura para o Pong, da Atari, por sua limitação de uso e pela péssima divulgação, que no início dizia funcionar somente com os televisores da Magnavox (uma tentativa de fazer aumentar a venda de televisores da marca).

Depois veio o Atari 2600 foi um vídeo game projetado por Jay Miner e lançado em 1977 nos Estados Unidos e em 1983 no Brasil. Considerado um símbolo cultural dos anos 80, foi um fenômeno de vendas no Brasil entre os anos de 1984 a 1986 e seus jogos permanecem na memória de muitos que viveram a juventude nesta época.

Daí começou o processo que terminaria no "grande crash de 83" (também chamado "grande crash de 84"), quando quase todas as plataformas da época (Colecovision, Sega x500111, SG-1000, Vectrex, Intellivision, Odyssey e outros) acabaram: era o fim da segunda geração de consoles.

Tal fenômeno foi sentido fracamente no Brasil, uma vez que os primeiros Atari 2600 e Odyssey² chegavam oficialmente às lojas, por meio da Polyvox e Phillips, respectivamente.

Na terceira geração temos o NES ou nintendinho o sistema foi redesenhado e recebeu o novo nome para ser lançado no mercado americano em 1985. O NES/Famicom foi o videogame de maior sucesso comercial na sua época, ajudou a indústria de videogames a se recuperar da crise de 1983 e estabeleceu novos padrões que seriam seguidos pela indústria. Também foi o primeiro console a ser produzido por terceiros, o que ajudou a divulgar o sistema em todo o mundo. O NES também foi um dos primeiros consoles a se apoiar em jogos feitos por terceiros (não só pela própria fabricante). Seu código de modelo é NES-001.

Teve também o Master System da Sega Lançado inicialmente no Japão em 1986, ele enfrentou grandes dificuldades devido a forte concorrência do NES da Nintendo.
A Nintendo possuía contratos de exclusividade junto as produtoras de jogos. O contrato não permitia que elas produzissem jogos para nenhum outro aparelho, fazendo com que o Master System dependesse somente dos lançamentos desenvolvidos pela Sega.
O baixo sucesso no Japão não evitou que a Sega lançasse o Master System no resto do mundo. Nos Estados Unidos o domínio da Nintendo também era muito grande, e logo a Sega vendeu os direitos de comercialização do Master System nos EUA para a Tonka, mesmo assim a popularidade do aparelho foi diminuindo.
Em 1990, após o lançamento do Sega Genesis, a SEGA recuperou os direitos de comercialização do Master System nos EUA e lançou uma versão com um novo desenho, chamado Master System II. Esse novo modelo era mais barato, mas por outro lado foram removidos o botão de Reset e a entrada para óculos 3D, impossibilitando a utilização desse acessório em alguns jogos. Além de não possuir conectores de áudio e vídeo, ele só podia ser conectado na TV por cabo RF, que apresenta uma pior qualidade de imagem e som.
Outro foi o Atari 7800 é um console de videogame lançado pela Atari em junho de 1986 (um teste de mercado ocorreu dois anos antes). Foi desenvolvido para substituir o Atari 5200, que foi um fracasso de mercado, e restabelecer a supremacia da Atari em relação a Intellivision e Colecovision.

Um Atari 7800 com controlador.
O Atari 7800, foi projetado para fazer frente aos recentes rivais do fracassado Atari 5200, O Nintendo Entertainment System(NES) e o Sega Master System. Com um processador trabalhando em uma velocidade superior aos rivais, e com um processador de áudio de dois canais separados, o Atari 7800 possuía um desempenho superior em velocidade ao NES e gráficos e sons de qualidade similar ao Sega Master System.
Porém, o que decretou o fracasso do Atari 7800, mesmo sendo superior aos concorrente, foi o baixíssimo acervo de jogos, uma vez que a maior parte das Software House de sucesso da época, como: Taito, Namco, Capcom e a própria Activision, responsável pelos maiores sucessos da Atari a época do Atari 2600, já possuíam contrato de exclusividade com a Nintendo

Na 4 geração dos consoles temos a novidade portátil do Game Boy, que foi o inicio dos jogos fora da tv e levado para qualquer lado, uma febre para a época teve também o sucesso do Super Nintendo, quem não lembra do famoso assopro no cartucho para o jogo pegar rsrsrsr.

5 Geração dos games nasce o PlayStation, a Nintendo e a Sega subestimaram a Sony novata na área dos jogos, que foi crescendo aos poucos e é um grande sucesso. O mascote Crash Bandicoot que ajudou a elevar o sucesso da plataforma com jogos bem elaborados e viciantes, quem já teve o Psone com certeza lembra da franquia de jogos estilo plataforma e karts.

Foi em 2001 que a Microsoft entra na jogada com o Xbox.

7 Geração é a geração espetacular, com avanços nos gráficos, aumento de plataformas e muito mais.
Portáteis como o Ds da Nintendo, Psp da Sony fazem parte, alem da evolução do Playstation.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentario

Bottom Ad [Post Page]