Microsoft pode comprar a Nokia - Mobi Tecno - Descomplicando a tecnologia

Microsoft pode comprar a Nokia

Compartilhe por aí



Há boatos de que a companhia irá adquirir líder em smartphones por US$19 bilhões



A Microsoft tenta comprar a empresa de telefones móveis Nokia. Esses rumores se intensificaram após uma pessoa ligada às empresas alegar que o acordo tinha sido fechado por US$19 bilhões. A Nokia nega a notícia.
A notícia veio do jornalista Eldar Murtazin que também foi o primeiro a anunciar que a Nokia iria abandonar o Symbian e mudar sua plataforma para o Windows Phone 7, da Microsoft. Primeiramente a Nokia se recusou a comentar, depois afirmou que a notícia era “100% sem fundamento”. 

Um porta-voz da Microsoft declarou que a companhia “não tece comentários sobre rumores ou especulações”.
É difícil aferir a precisão dos comentários de Murtazin. Mas tal manobra tem sentido?
A Microsoft é uma empresa de software.

 Não fabrica dispositivos móveis. Poderia começar a fazer isso ao comprar a Nokia, mas não fica claro se esta estratégia teria algum impacto positivo no Windows Phone 7 e o futuro de ambas as empresas.
A Microsoft não falou oficialmente do número de vendas do Windows Phone 7, mas não está nem perto dos dez milhões de iPhone e Android vendidos. 
Comprar a empresa de aparelhos da Nokia daria a Microsoft a posse de uma das melhores fabricantes de hardware do mundo. A habilidade da Nokia em projetar hardwares bonitos e com bom funcionamento nunca foi discutida, seu problema sempre foi o software.
 As duas empresas já parecem ter chegado a uma solução com a adoção do WP7 para os smartphones da Nokia.


Se a Microsoft comprar a empresa de telefones da Nokia, imediatamente colocaria uma barreira entre ela e seus parceiros WP7 OEM – HTC, LG, Dell e Samsung - todos que se arriscaram ao fabricar e distribuir smartphones com WP7.
 Como a empresa convenceria esses parceiros a continuar com ela quando começasse a fabricar seus próprios aparelhos? Ao se posicionar na competição contra seus parceiros, a empresa poderia ameaçar os laços e a longo prazo comprometer o futuro da plataforma.
Além do mais, se a Microsoft está determinada a comprar um fabricante de celular, por que a Nokia e não uma empresa com o histórico comprovado como a Research In Motion? Sua força no mercado não pode ser ignorada. Já a Nokia perdeu a posição nos Estados Unidos e também na Europa e Ásia.
Não há dúvidas de que a Nokia está com problemas. Recentemente a empresa relatou que a demanda para seus smartphones tinha praticamente evaporado. A empresa cortou previsões para o trimestre e o resto do ano e os investidores entraram em pânico. A Microsoft fez um grande investimento o WP7 e em sua parceria com a Nokia, e não pode permitir que a empresa morra na praia. Talvez comprar a Nokia seja a única maneira de salvar o investimento que já fez.

É difícil de acreditar no sucesso da habilidade da Microsoft no gerenciamento de tal aquisição. Há várias anos ela comprou a Danger, uma equipe por trás dos dispositivos e serviços de sucesso SideKick, da T-Mobile. Após alguns anos de desenvolvimento, a Microsoft lançou uma linha de aparelho com o design da marca. Os dois aparelhos venderam pouco e o projeto foi abandonado dois meses depois.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentario

Post Bottom Ad