Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]




O LinkedIn, serviço de redes sociais para profissionais e pessoas em busca de emprego, passou a contar com 100 milhões de usuários em todo o mundo, sendo que metade deles são de fora dos Estados Unidos.

A empresa anunciou nesta terça-feira que estava crescendo ao ritmo de 1 milhão de novos assinantes por semana. O total atual é cerca de 10 milhões superior ao número informado pelo LinkedIn em documentos encaminhados às autoridades regulatórias em 11 de março.

Brasil e México estão entre os países onde o serviço apresenta crescimento mais rápido, afirmou o presidente-executivo do LinkedIn, Jeff Weiner, no blog do grupo.

A companhia quer levantar US$ 175 milhões com uma oferta pública inicial de ações (IPO, em inglês) para aproveitar o frenético interesse dos investidores por empresas de internet de capital fechado como Facebook, Twitter e Groupon.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentario

Bottom Ad [Post Page]